Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 36 a 45 anos



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
 
BLOG DO MARCOS GROSS


PRECISAMOS DE UM MAPA QUE NOS ORIENTE

Os mapas – sejam impressos ou por GPS – têm a função de orientar as pessoas no espaço. Quando alguém está perdido em uma localidade, ela precisa saber, primeiramente, onde está e para onde pretende ir. Sem mapas, a vida seria um caos, pois não teríamos nenhum ponto de referência ou objetivos definidos a atingir.

 O grande benefício dos mapas é oferecer uma visão geral de uma caminho, vislumbrando quais alternativas temos para chegar a um determinado destino, pois os mapas nos fornecem possibilidades de ação.

 Uma bom comunicador sabe usar um “mapa” quando interage com um interlocutor, seja para clarear uma ideia ou para mostrar um caminho. Qualquer mensagem bem-elaborada traz em si uma espécie de “mapa” orientador que reduz incertezas e permite a visualização dos eventos ao nosso redor.

 Uma reunião de planejamento nada mais é do que uma forma do gestor “compartilhar mapas” da sua visão da empresa com a equipe de colaboradores. Por trás de cada explanação, está a preocupação de que cada funcionário compreenda os passos que serão dados para que os objetivos organizacionais sejam alcançados.

 Gerentes confusos, que têm dificuldades de se expressar ou não estabelecem uma boa interlocução com seus funcionários, criam mapas que desorientam completamente times inteiros de profissionais. O acesso a um mapa equivale a ter clareza dos objetivos e metas que se quer atingir.

 Diversos palestrantes usam gráficos, escalas, fotografias, diagramas e simulações em suas preleções a fim de “mapear” conceitos abstratos. Se a plateia compreender os significados expostos com clareza, a mensagem será assimilada com sucesso, possibilitando que os receptores possam “materializar” tudo o que foi discutido.

 Não é raro, em algum momento da vida, que estudantes ou profissionais “entrem em crise” diante das suas incertezas sobre seu futuro no trabalho. Muitos se encontram frente uma verdadeira encruzilhada repleta de angústias e frustrações, hesitantes sobre que caminho seguir. É como se estivessem perdidos, sem mapas de orientação.

 Nessas horas difíceis, as pessoas precisam de um mapa que descreva o cenário onde estão inseridas. Por esse motivo que recorremos à orientação vocacional, um psicólogo, coach e escutamos um especialista que nos ilumine com um “novo mapa”, trazendo novas perspectivas que não tinhamos percebido anteriormente. Na dúvida, é sempre aconselhável consultar um mapa. Fim da mensagem.

 

Marcos Gross Scharf

Diretor da McGross – treinamento e consultoria

Doutorando, Mestre e especialista em Gestão de comunicação

 

www.mcgross.com.br



Escrito por Marcos Gross às 08h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]